Aplicação de remédio de carrapato em cachorro
17/02/2020

Prevenção de infestação com Remédio de Carrapato

A infestação por carrapatos é um problema relativamente comum em animais, especialmente nos períodos mais quentes do ano — em que a temperatura elevada e a umidade favorecem sua proliferação. Uma vez que esses parasitas podem transmitir muitas doenças graves, algumas das quais trazem consequências fatais, é fundamental estar atento à necessidade do uso de remédio de carrapato.

Muitos tutores acreditam que o controle parasitário consiste apenas no tratamento do animal infectado, o que pode ser um grande erro: apenas uma pequena parcela dos parasitas está sobre os animais, enquanto a maior parte deles fica no ambiente. O ideal é que haja um controle integrado e que abranja o uso de remédio de carrapato tanto nos animais quanto nos locais em que eles vivem.

Carrapatos: o que são e quais os perigos?

Os carrapatos são ectoparasitas que se alimentam do sangue de seu hospedeiro, que podem tanto ser cães e gatos, como a própria espécie humana. Quando não estão no animal, eles se escondem no ambiente, podendo fazer ninhos em locais próximos de onde o pet dorme, o que inclui pequenas frestas, rodapés, batentes de porta e atrás de quadros.

Combater uma infestação é especialmente complicado, pois, os carrapatos podem sobreviver semanas sem se alimentar e são resistentes a produtos de limpeza comuns, exigindo a aplicação de remédios para carrapato para eliminar o problema. Isso significa, portanto, que a presença desses parasitas não é sinônimo de sujeira em casa ou de falta de cuidado com a higiene do pet.

Além da possibilidade de causar anemia no animal, já que o parasita se alimenta do sangue do pet, os carrapatos podem transmitir doenças como:

  • Babesiose canina;
  • Febre maculosa;
  • Erliquiose canina;
  • Doença de Lyme;
  • Hepatozoonose;
  • Paralisia do carrapato.

Todas essas enfermidades são consideradas graves e podem levar à morte do animal. Por isso, é importante que o tratamento orientado por um médico veterinário seja iniciado o mais rápido possível, administrando o remédio de carrapato conforme indicado pelo profissional.

Tratamento e prevenção com remédio de carrapato

A Chemitec oferece uma linha de antiparasitários eficazes no controle e prevenção de infestações por carrapato, combatendo também a presença de pulgas, piolhos e sarna otodécica (causada por ácaros presentes na orelha dos animais). Mesmo se os pets da sua casa não estejam com carrapatos, é importante utilizar o remédio de carrapato como forma de mantê-los sempre protegidos.

A prevenção é o ponto mais importante no que diz respeito ao combate de parasitas. Nesse sentido, é importante estabelecer uma rotina de cuidados que seja condizente com o cotidiano do animal. Cães que saem bastante na rua para passear e entram em contato com animais desconhecidos, por exemplo, precisam de mais proteção do que os pets que ficam dentro de casa.

Vale lembrar, entretanto, que mesmo os cães que têm pouco contato com o ambiente externo e outros animais devem estar devidamente protegidos, uma vez que o parasita pode estar no ambiente. Além de aplicar o remédio de carrapato regularmente, conforme indicação veterinária, pode ser interessante criar o hábito de supervisionar o corpo do animal regularmente em busca de carrapatos ou outros parasitas.

No que diz respeito aos cuidados com o local, a recomendação é utilizar produtos desenvolvidos justamente para ajudar no controle de infestações. No caso do combate a carrapatos, é importante que os produtos sejam aplicados em locais em que os ninhos podem estar — como janelas, buracos na parede e embaixo de móveis.

Caso você tenha notado que seu pet está se coçando demais ou demonstrando qualquer tipo de incômodo, ou mudança de comportamento, leve-o ao veterinário para verificar se está tudo bem com o animal. Caso necessário, o profissional apontará a necessidade do uso de um remédio de carrapato ou outro produto adequado para garantir a saúde do bichinho.

CTA de distribuidores da Chemitec para o blog