Fale conosco pelo WhatsApp
imagem ilustrativo
13/07/2022

6 sinais de que o cachorro está com dor

Um cachorro com dor pode apresentar manifestações comportamentais, tornando-se agressivo ou tentando se isolar

Assim como os seres humanos, os cachorros também sentem dores, sendo muitas vezes pelas mesmas razões: infecções, problemas dentários, doenças ósseas, virose, entre outros. Entretanto, bem diferente dos humanos, eles não conseguem falar o que está acontecendo e, por isso, é muito importante ficar atento aos sinais de que o cachorro está com dor.

A melhor forma de fazer isso é observando as mudanças sutis em seu comportamento, pois elas normalmente são os primeiros indicativos de que o animal está com algum tipo de problema.

Vale ficar sempre atento, pois, quando mais cedo identificar o incômodo, mais cedo o cachorro pode ser diagnosticado e tratado, e assim se curar e retomar a vida normal. Para tornar essa identificação mais fácil e rápida, separamos alguns sinais de que o cachorro está com dor. Confira!

Principais sinais de que o cachorro está com dor

Um dos principais pontos para identificar os sinais de que o cachorro está com dor é observá-lo e conhecê-lo muito bem em seu estado saudável, uma vez que nem todos os animais se expressam da mesma maneira.

Existem cachorros que podem manifestar dor vocalizando, por meio de um uivo ou simplesmente se isolando. Além disso, podem ser sinais:

Perda de apetite

A perda de apetite é um dos principais sinais de que o cachorro está com dor no estômago, intestino ou outra região do sistema digestivo. Quando há incômodo nos dentes e coluna, também há chances de que o cão perca o apetite e não coma como de costume.

Esse sinal de alerta é extremamente importante. Por isso, se notar que o seu cachorro está recuando a comida ou os petiscos favoritos, considere levá-lo ao veterinário para que ele possa realizar os exames necessários para que a sua recuperação seja rápida.

Vocalização (uivos, choro ou gritos)

Outro entre os sinais de que o cachorro está com dor pode ser percebido por meio de latidos, uivos, choros ou gritos, uma vez que essa é uma forma do seu pet se comunicar com o seu dono. Desta forma, alguns animais podem utilizar esse tipo de vocalização para se comunicar com o tutor e mostrar que está com algum tipo de problema que precisa de cuidados especiais.

Isolamento

É normal os seres humanos se isolarem quando estão com algum tipo de dor, e este também pode ser um dos sinais de dores do cachorro. Quando estão com algum incômodo, a tendência é que os animais apresentem comportamento mais antissocial, deixando de brincar, fazer festa quando o dono chega em casa e evitando qualquer tipo de contato físico.

Agressividade

A maioria dos pets é amigável, principalmente com seus tutores. Quando um cão manifesta agressividade, este pode ser mais um entre os sinais de que o cachorro está com dor, podendo até mesmo morder quando são tocados na região em que está o desconforto.

Vale ficar atento a qualquer mudança perceptível no comportamento do pet, identificando rapidamente que há algo errado.

Lambidas excessivas

Entre os sinais de que o cachorro está com dor, está também o excesso de lambidas em uma determinada área do corpo. Geralmente, quando um cachorro se machuca, o primeiro instinto é lamber a região para cuidar do local, isso acontece também quando o animal está com dor. Em geral, é fácil perceber que algo não está certo quando o cão está mastigando ou lambendo excessivamente determinada área.

Para saber mais a respeito dos principais sinais de que o cachorro está com dor e entender o que fazer nessas situações, converse com o veterinário de sua confiança.

Fontes:

Perito Animal;

Seres.

Saiba Mais