Vermífugos para Bovinos

A administração de vermífugos para bovinos cumpre um papel de extrema importância na pecuária, ajudando a manter os animais saudáveis e prevenindo uma série de doenças e problemas de desenvolvimento. As verminoses contribuem diretamente para a baixa produtividade do rebanho, uma vez que os parasitas se alimentam das vitaminas e nutrientes ingeridas pelo hospedeiro.

Por isso, o uso de vermífugos para bovinos é uma medida de saúde que ajuda a evitar perdas econômicas irreparáveis, além de garantir o bem-estar e qualidade de vida do rebanho. A utilização desses antiparasitários, porém, deve ser feita de maneira adequada e no momento certo para garantir sua máxima eficiência e evitar que os danos financeiros sejam ainda maiores.

Estratégias no combate às verminoses em bovinos

O controle das verminoses em rebanhos bovinos pode ser baseado em duas estratégias distintas: combate às formas de vida livre ou combate parasitário. O primeiro modelo consiste em tentar eliminar os agentes presentes nas pastagens, de modo a reduzir a probabilidade de eles serem ingeridos pelos animais. Isso pode ser feito por meio da utilização de agentes biológicos ou vedação temporária.

O combate parasitário, por sua vez, baseia-se no uso de vermífugos para bovinos para controlar as vidas parasitárias que podem afetar o rebanho. Existem diferentes formas de administrar esses medicamentos, sendo que as principais metodologias são: curativa, supressiva, tática e estratégica.

Na estratégia curativa, os animais são vermifugados apenas quando apresentam sinais clínicos de contaminação parasitária. No método supressivo, os vermífugos são utilizados em intervalos pré-determinados, ao longo de todo o ano — o que pode levar a uma superdosagem desnecessária que implica não apenas em desperdício de medicamento como na possibilidade de criar uma população de vermes resistentes.

A administração tática é caracterizada pela vermifugação dos animais em momentos em que as condições ambientais favorecem o desenvolvimento de vermes ou quando as práticas de manejo tornam a medicação oportuna. É o caso, por exemplo, da entrada do rebanho em uma nova pastagem ou em confinamento.

O programa estratégico leva em consideração o conhecimento a respeito da epidemiologia e a dinâmica dos parasitos em bovinos e na pastagem ao longo dos meses. A partir dessas informações, é possível determinar o período ideal e a melhor época do ano para administrar os vermífugos para bovinos. Esta é a metodologia apontada como a que oferece melhor custo-benefício para o produtor.

Quando vermifugar os animais?

Além da frequência e época do ano ideais, outro aspecto a ser levado em consideração para fazer um controle parasitário eficiente em um rebanho de bovinos é a idade dos animais. Isso porque muitos criadores entendem que a utilização de vermífugos para bovinos quando os animais ainda são muito jovens é de pouca utilidade, já que há baixa mortalidade associada à presença de endoparasitas.

Por outro lado, diversos estudos têm demonstrado que bezerros que são vermifugados antes do desmame apresentam um ganho de peso até 15% maior do que os que não foram tratados. Isso acontece principalmente porque há um melhor aproveitamento nutricional dos alimentos, já que a verminose não consome os nutrientes que seriam utilizados pelo organismo do animal.

A escolha pela melhor estratégia, frequência e idade para administração dos vermífugos para bovinos deve ser feita pelo criador em conjunto com o médico veterinário responsável pela saúde do rebanho. Além dos fatores econômicos, é preciso levar em consideração os objetivos do sistema de produção, a época do ano, a categoria em que o animal se encontra e o ciclo biológico dos parasitas.

Importância do controle parasitário

O desenvolvimento adequado de um rebanho pecuário depende diretamente de fatores como o correto manejo nutricional, reprodutivo e sanitário. O controle parasitário faz parte dos cuidados sanitários e tem influência direta no aproveitamento nutricional.

Vale lembrar que a presença de parasitas internos faz com que os animais tenham concorrência pelos nutrientes dos alimentos consumidos. Como consequência, os animais podem apresentar sintomas como:

  • Emagrecimento;
  • Anemia;
  • Falta de apetite;
  • Barriga estufada;
  • Deficiências nutricionais;
  • Diarreia;
  • Pelos sem brilho;
  • Couro enfraquecido.

As alterações citadas afetam a saúde dos animais, comprometendo sua qualidade de vida e muitas vezes colocando-a em risco. Para o produtor, há os citados prejuízos financeiros relacionados à baixa produtividade e mau aproveitamento dos recursos nutricionais, evidenciando a importância de investir em vermífugos para bovinos e administração correta dos medicamentos.

Vermífugos para bovinos da Chemitec

Por serem animais de grande porte e que fazem parte de um dos principais setores produtivos do País, os bovinos demandam cuidados específicos. Isso significa que o uso de vermífugos disponibilizados em farmácias humanas ou para animais de estimação não é recomendado para o organismo do gado, muitas vezes podendo até mesmo ser tóxica para esses animais.

Por isso, é necessário sempre administrar medicamentos que foram desenvolvidos especificamente para bovinos, como é o caso da Ricobendazole 13,6% Chemitec®. O medicamento destaca-se como um anti-helmíntico de amplo espectro que é indicado especialmente para infestações parasitárias pulmonares e gastrintestinais causadas por nematódeos, cestódeos e trematódeos.

Embora o Ricobendazole da Chemitec® seja um produto atóxico e que não apresenta praticamente nenhum efeito colateral, alguns cuidados são necessários na administração deste vermífugo. O leite dos animais tratados com este fármaco, por exemplo, não pode ser destinado ao consumo humano, sendo também necessário obedecer a um período de carência de 14 dias antes de abater o animal.

Sobre a Chemitec: qualidade e confiabilidade

Presente há mais de 20 anos no mercado, a Chemitec é uma empresa 100% fabricante de medicamentos que se consolidou como uma das maiores indústrias farmacêuticas em atuação no País. Atendendo aos segmentos da avicultura, suinocultura e animais de estimação, a empresa oferece também uma linha completa que foi desenvolvida exclusivamente para os animais de produção e grande porte.

Além dos vermífugos para bovinos, a Chemitec oferece uma linha de medicamentos como antibióticos, anti-inflamatórios, diuréticos, endectocidas, quimioterápicos, desinfetante e terapêuticos específicos para rebanhos de gado. Converse com seu veterinário para saber mais sobre a melhor forma de vermifugar seus animais, promovendo qualidade de vida e otimizando sua produção pecuária.

Para saber mais sobre os vermífugos para bovinos da Chemitec, entre em contato conosco por meio da internet ou procure nossos principais distribuidores.

Fontes:

Embrapa;

Produtos Veterinários – Chemitec;

Boi Saúde — Pecuária Inteligente.