Mulher com cavalo enquanto homem limpa estábulo ao fundo com vassoura e desinfetante
13/04/2020

Qual é o desinfetante indicado na produção de equinos?

O uso de desinfetante para animais é necessário na produção de equinos para manter o ambiente limpo e adequado à permanência animal e circulação humana.

Ao auxiliar na eliminação de odores e bactérias relacionados à presença animal, o desinfetante agrega na manutenção de uma criação mais saudável, pois a torna menos suscetível a infecções de diferentes tipos, como virais, fúngicas e bacterianas.

Os desinfetantes diluídos em água podem ser usados tanto para limpeza de baias, como também de materiais usados pelos animais, como cocho, bebedouros, equipamentos e também em áreas de manuseio de itens relacionados à saúde do animal, como de aplicação de vacinas.

Com a diluição correta do produto, ele apresenta menores riscos de intoxicações, o que torna essencial a escolha de um produto para equinos seguro.

Como escolher o melhor desinfetante para a criação de cavalos?

Existem diversos tipos de desinfetantes disponíveis no mercado de acordo com as aplicações do produto, objetivo da criação e problemas recorrentes dos criadores. Por exemplo: alguns desinfetantes são recomendados especificamente para combater micro-organismos que causam doenças no criadouro.

A seguir conheça os principais desinfetantes para equinos da Chemitec e saiba quais as recomendações de cada opção.

  • Desinfetante Fenocreol: solução que usa cresóis em fenol (12g), hidrocarbonetos saturados e emulsificante saponáceo. O produto é usado para combater os micro-organismos dos gêneros Salmonella, Staphylococcus, Pseudomonas e Escherichia. Ele pode ser usado para desinfecção de equipamentos e utensílios, além de ser aplicado no tratamento do umbigo de animais recém-nascidos;
  • Desinfetante Fenolina-21: produto composto de cresóis em fenol (21mL), hidrocarbonetos saturados e emulsificante saponáceo auxiliando no combate aos micro-organismos dos gêneros Salmonella typhimurium, Pseudomonas aeruginosa, Escherichia coli e Listeria monocytogenes. Ele pode ser aplicado em instalações agropecuárias, equipamentos dos equinos e também no umbigo dos recém-nascidos;
  • Desinfetante Quatermon: com diferentes solubilidades disponíveis e usando cloreto de benzalcônio como ativo, esse desinfetante é recomendado por evitar a disseminação de micro-organismos nos bebedouros, comedouros, utensílios no geral e em ambientes veterinários. Ele tem aplicações ainda no tratamento de feridas, na coleta de sêmen, na ordenha e inseminação artificial de animais;
  • Desinfetante Biofor: produto à base de Complexo de Iodophor, possui ótima ação fungicida e bactericida e pode ser usado para desinfetar ambientes e equipamentos;
  • Desinfetante Clorexidina: utilizando digluconato de clorexidina, ele pode ser usado em instalações agropecuárias e equipamentos. O produto é recomendado para combater a presença de bactérias e fungos no ambiente;
  • Desinfetante Clorexidina-Cetrimida: com digluconato de clorexidina e cloreto de cetrimida como ativos, a solução apresenta efeito antisséptico e pode ser usada para desinfetar material cirúrgico, ambientes de criadouro de equinos e instalações veterinárias.

A definição de qual o melhor desinfetante para ser usado na criação de equinos depende das necessidades do criador, podendo ser selecionada uma opção ou outra de acordo com os problemas identificados no criadouro e também os casos de doenças entre os animais.

Qual é a importância de manter a limpeza das instalações dos equinos?

As instalações dos equinos devem ser mantidas limpas por uma série de recomendações sanitárias, de saúde e de higiene. A desinfecção correta elimina a presença de bactérias, fungos, ectoparasitas, cascudinhos e moscas.

As moscas, por exemplo, são problemas recorrentes em criações de equinos e causam problemas como irritação nos animais e são vetores de doenças como anemia infecciosa equina, que pode afetar o apetite e disposição do cavalo.

Outro problema no local de instalação dos equinos são os cascudinhos, que se alocam nas baias e são difíceis de serem controlados e eliminados sem o manejo correto dos animais e higienização dos ambientes.

Portanto, o uso do desinfetante para cavalos é essencial para reduzir as pragas, a transmissão de doenças e ter um ambiente mais propício e confortável tanto para os animais como para a equipe.

CTA de distribuidores da Chemitec para o blog