Fale conosco pelo WhatsApp
Como tirar pulga de cachorro filhote
14/09/2021

Pulgas em filhote de cachorro: como tratar?

As pulgas podem afetar cachorros de todas as idades, sempre demandando atenção do tutor para evitar que a infestação acarrete problemas de saúde ao animal

Um tutor responsável tem o dever de zelar pela saúde e bem-estar do pet desde os primeiros dias de vida (ou desde o momento da adoção) até a velhice, e isso inclui adotar medidas de controle parasitário. Nesse sentido, é importante saber como tirar pulga de cachorro filhote e, assim, manter o animalzinho sempre saudável, protegido e livre do desconforto característico de uma infestação por este pequeno inseto.

Animais mais novinhos ainda estão em desenvolvimento e, por consequência, apresentam uma menor resistência geral. Estar atento à presença de parasitas e adotar medidas adequadas para controle deste tipo de infestação, portanto, é fundamental para resguardar a saúde do pet e garantir que ele tenha uma vida longeva. Descubra a seguir como tirar pulga de cachorro filhote!

Qual a importância do controle parasitário?

As pulgas são parasitas externos que se alimentam do sangue do animal, causando uma intensa coceira quando mordem o pet. Cães predispostos a alergias cutâneas podem sofrer de dermatites, uma condição que é ainda mais incômoda e pode fazer com que o pet tenha irritações na pele, feridas e até mesmo infecções de pele. No caso dos filhotes, há a possibilidade de que ele desenvolva anemia associada à perda de sangue.

Entenda como tirar pulga de cachorro filhote

As pulgas podem afetar os cães de qualquer idade, mas os filhotes demandam atenção especial na escolha do antipulgas e demais medicamentos que serão utilizados no tratamento. A maneira mais adequada de descobrir como tirar pulga de cachorro filhote é levando o pet para ser avaliado por um veterinário, que poderá verificar se o animal está saudável e recomendar a forma mais adequada de controlar a infestação.

Por mais que os antipulgas sejam excelentes aliados no combate a esses parasitas, nem todos eles são indicados para uso em filhotes. Isso porque alguns desses produtos podem trazer substâncias concentradas em uma quantidade que é prejudicial para o cão quando ainda é novinho, não sendo indicado o uso até que o animal alcance uma determinada idade. Para evitar superdosagem, é fundamental sempre seguir a recomendação de um profissional.

A higienização do ambiente que o pet vive também é fundamental para o controle das pulgas, pois é necessário exterminar também os ovos, larvas, pupas e parasitas na fase adulta que estão nos locais por onde o animal transita e em seus utensílios. Para isso, é preciso utilizar soluções inseticidas e sprays específicos para controle de pulgas no ambiente— também sempre seguindo orientação veterinária para evitar intoxicação do cão.

Posso usar vinagre para eliminar as pulgas?

Existe uma crença popular de que borrifar vinagre nos pelos do cão é uma alternativa capaz de acabar com as pulgas. Porém, isso não passa de um mito: a substância não é capaz de eliminar os parasitas e nem seus ovos. Por ser um ácido, inclusive, o produto pode ser até prejudicial para a saúde do pet — causando úlceras e vômitos caso o cachorro ingira o produto em grande quantidade.

Como escolher o melhor antipulgas para filhote?

A fim de evitar intoxicações por superdosagem do componente ativo do antipulgas, é necessário que filhotes sejam sempre tratados com fármacos que foram desenvolvidos especificamente para sua idade. Seja na bula ou na embalagem, o fabricante do medicamento sempre vai fornecer informações a respeito da idade e peso para qual o produto é indicado. Sempre verifique e respeite esta orientação.

A Chemitec, por exemplo, fabrica diversos produtos destinados ao combate e controle de parasitas — tal como o antipulgas Ec-Pet®. O medicamento antipulgas, porém, é indicado apenas para filhotes com mais de 3 meses de idade.

Conforme foi explicado, a melhor forma de descobrir como tirar pulga de cachorro filhote é consultando um veterinário de confiança e que acompanhe a saúde do pet.

Fontes:

Chemitec.

Saiba Mais